quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Depressão ??

Olá Amigos e Amigas!!

Estou precisando de um Help!!


Acredito que nunca me vi fora da depressão todos estes anos...

Mas embora enquanto buscava emagrecer tomava medicações para depressão, ansiedade e saciedade....a depressão desaparecia...ou se enclausurava e voltava novamente depois...

Faz algum tempo já que busco ficar sozinha, sem ter muito contato com as pessoas, a não ser com meu marido! É incrível mas com ele, tenho vontade de estar o tempo todo!

Mas todo mundo precisa de espaço, de fazer coisas diferentes, isso que é o bom se ser um casal.

Conversamos e ele acredita que é preocupante eu continuar meus dias assim, irritadiça, buscando ficar mais no quarto do que sair pra fazer uma caminhada, respirar um ar puro, ver outras coisas enquanto ando....

Eu não tenho tomado atitudes de buscar fazer coisas, que não sejam ficar em casa,(no caso agora aqui na minha sogra até o ap ficar pronto), fico mais especificamente no quarto.

Minha rotina tem sido acordar, tomar um banho de piscina, cuidar da minha gatinha, fazer um carinho nela, passar o dia no note pela internet, e depois tomar outro banho e esperar ansiosamente para que meu marido chegue, para eu poder me distrair de fato com alguma coisa, e aí ele chega exausto, resolvemos ver um filme ou seriado para passar o tempo e depois vamos dormir.

Não tenho aquela vontade de antes de chamar algum amigo, sair tomar um chimarrão, sair pra conversar, ou encontrar amigos em outros lugares.

Eu muitas vezes choro, me sinto sozinha,
ou talvez seja esse vazio de não reconhecer a eu mesma mais....
Choro por não estar trabalhando ou não ter me encontrado profissionalmente ainda,
ou simplesmente por me ver assim estagnada vendo a vida passar e eu
não conseguir me aproximar de ninguém ou querer falar por muito tempo com alguém.

Eu ando irritadiça, e não gosto de magoar ninguém pela minha falta de tato com as pessoas!
Meu marido já acha que eu devo exercitar isso,para que eu consiga conviver sem falar tudo que me vem na cabeça.

Eu não tenho a mesma disposição que tinha anos atrás...
E eu acredito, posso estar errada..
mas a depressão pra mim é algo que vem junto com a obesidade!

Entendo que meu lindo se preocupe, afinal a cirurgia daqui a pouco está logo
aí e eu preciso me mecher e já ir adaptando outra rotina para que seja mais fácil depois!

Mas confesso que pra mim tem sido muito difícil.
Eu não sinto mais vontade de nada quase.
Com esse calor nem tenho mais feito minha adorada Chapinha!
O Máximo que faço é fazer minhas unhas.
Não tenho vontade de sair, porque me sinto péssima nesse calor andando e vestindo algo que não é do meu agrado...porque meu corpo não ajuda muito agora...

Não me acho feia.
Eu me acho uma mulher bonita.
Mas eu estou exagerada agora, e não me sinto bem desfilando por aí pra passear que seja!

Meu amor, me diz, para eu começar introduzir coisas e hábitos diferentes na minha rotina
para que eu não fique assim desanimada e triste.

Ok...eu compreendo a preocupação.
E também não quero e nem gosto que ele me veja triste quando não consigo disfarçar.

Mas ele me pergunta porque me sinto triste, o que é que falta?
-Eu não vejo ao certo o que falta,
apenas me sinto assim...as vezes

Eu o amo muito,
mas é difícil eu mostrar pra ele e traduzir esse sentimento.
Não estou bem com meu corpo,
minha alma também não aceita o que vê no espelho,
como poderia eu me sentir bem?

Mas isso não é motivo para que meu amor compreenda.
Ele se preocupa com a cirurgia e como vou reagir a ela se estou assim agora.

É difícil.
Eu sinto dores.
Desconforto.
Tem sido inevitável esboçar outra reação que não estar depressiva.

Será que isso vai me prejudicar?
Será que dou a volta por cima depois da cirurgia?

Estas são minhas dúvidas, porque de momento, eu não tenho conseguido fazer outras coisas diferentes...

Tenho apenas me queixado
de dor
de cansaço
....

Obrigada a todos que puderam ler este post.
Agradeço de coração pelo conforto que todos tem me dado
por aqui.
Vocês tem sido as únicas pessoas amigas que tenho falado
mais nesses dois meses de Janeiro e Fevereiro que iniciei o blog.

E vocês não fazem ideia do quanto me sinto menos só
quando percebo o que vocês também sentem
e vejo que não sou a única nesse mundo buscando deixar a obesidade pra sempre.

Com muito carinho,
Agradeço a todos de coração!
Beijos!


26 comentários:

  1. Bem, eu acho que vc deva se distrair mais, sair, passear, vc mora numa cidade muito bonita como porto alegre, cheia de parques tão bonitos...ler o um bom livro, ocupar sua mente com coisas que te fazem bem, ficar no note o dia todo não é legal, vc já foi a psicologa? procura manter o contato com seus familiares, amigos, fazendo visitas...fica o dia em casa não eh legal. bjos, vc vai sair dessa, força e muita fé.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Isac, a psicóloga esta marcada pra dia 28 sendo que também será neste mesmo dia a da nutricionista. Eu terei medo de demostrar o que sinto pra ela, pois caso contrario saio de lá sem o laudo. Sei que eu devo ser sincera pois é minha vida que esta em jogo. Mas a consulta é 150 imagina se ela resolve que eu deva voltar lá pra uma próxima consulta...aiaiaiai não consigo nem imaginar isso!
      -Sei que devo fazer o tratamento com a psicóloga, mas ela é da equipe do meu médico e a consulta é cara. Eu vou querer depois consultar com a psicóloga do meu plano. Espero que após fazer eu consiga lidar melhor com isso tudo...mas vou precisar de acompanhamento igual., obrigada por tudo, abraços!

      Excluir
  2. Olha Juliana, a depressão nao esta necessariamente associada a obesidade, pois conheço muitos gordinhos e gordinhas que como eu tem uma vida social normal, eu sempre sai, fui a barzinhos,baladas,cinema, parques, viajei mto,tenho bastante amigos, eu acho que o que existe muito é o isolamento, mas isso só acontece se a pessoa quiser...depende de cada um..
    Eu to agora em recuperação da cirurgia, mas em março já volto a ativa, quero sair e me divertir como antes...

    Força menina, procure olhar pro mundo e nao pras pessoas, vc sair e se divertir depende de vc e das pessoas que amam vc estarem contigo, só isso....
    E cuidado em por a sua expectativa nessa cirurgia, ela só vai te deixar mais leve, mudar por dentro só vai depender de vc...ela nao vai fazer isso.

    Bjs e Deus te abençoe!

    ResponderExcluir
  3. Juliane

    Não queria responder seu post como psicóloga, mas tenho obrigação de fazer isso. Querida, você deve ir à psicóloga e dizer tudo o que esta acontecendo contigo. Uma sessão apenas não será suficiente para você chegar a um autoconhecimento que lhe permita ao menos entender o que se passa em sua estrutura psíquica que a leva a depressão.Não posso afirmar nada porque não tenho dados suficientes que me permitam lhe ajudar, principalmente porque estamos em uma relação virtual. Mas algo posso te garantir , é engano pensar que a cirurgia vai resolver seus conflitos. Ela vai resolver um sintoma , como tomar antitérmico para acabar com a febre, porém, o que te leva a obesidade você tem que elaborar através de uma terapia intensiva . NO seu vídeo fica claro que você teve muitos efeitos sanfona e isso mostra , conforme seu marido disse, existe um falta, um vazio. Normalmente a comida para os obesos tem esse papel de preencher as faltas.E essa relação ai terá que se transformar , porque a cirurgia é marcada pela pouca comida, pela qualidade do que comemos e você terá que estar bem para poder entrar nesse processo e viver bem dentro dele.Um beijão e qualquer coisa me escreva.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rose! Minha consulta com a Psicóloga será dia 28, estou me preparando. Fico triste por pensar que seria mais de uma consulta, por que acredito que no meu caso levaria anos talvez décadas para eu de fato conseguir compreender e viver bem com algumas coisas aqui dentro afinal é muito complexo. - Mas aí eu colocaria de lado todos meus sonhos, de ser mãe de ser boa esposa, se me amar como mulher...pois adiaria minha cirurgia, e eu estou parada a 2 anos já sem trabalhar, se eu não turbinar minha vida agora, talvez eu não me encontre jamais e me perca de uma vez por todas.E esse é um medo grande que levo comigo, mas quero me empenhar muito pra que isso não aconteça.
      -Acredito que não terei problemas quanto a alimentação em sí depois, pois a característica de eu ter engordado foi por eu passar o dia sem conseguir comer e só comer devorando tudo a noite... - Mas já fiz RA outras vezes que tive de comer de 3 em 3 horas..mas ter mais saciedade vai ajudar bastante também, porque demoro a ter... por isso acredito que meu problema maior depois da cirurgia, seria mesmo eu lidar com as coisas. O tratamento vai ter de ser feito com a psico mesmo assim, mas considero no pós cirúrgico ele muito mais importante, porque todos ficamos mais fragilizados. Eu quero fazer a cirurgia, não aguento mais esperar. Não sonho que ela mudará minha vida, mas que ela mesmo pela dor; vai me mostrar a começar a viver de novo, e mudar minha história com a alimentação e principalmente a não ligar ela aos meus problemas e sentimentos. Obrigada pelo carinho, você é sempre bem vinda aqui. Muitos beijos, Jú.

      Excluir
  4. Oi Juzinha Amada! Fico triste em te ouvir falar assim, pois é exatamente o que me acomente! Me isolo, defendo, justifico, arrumo desculpas para mim mesma, não olho no espelho, perdi as forças, a voz, o querer... Sei bem como se sente! É tão difícil estar assim! Sabe, no final das contas acho que o comentário da Rose ai em cima tem total razão, pois vai mais além de nossa obesidade e talvés não conseguimos enchergar. Não sou a melhor pessoa para te falar sobre isso, pois sinto a mesma coisa, mas procuro me focar em planos e modificar pequenas ações para quem sabe um dia ser grande! Força, sei que é dificil ser forte, pois parece que ela se esgota, mas força, pense em tudo que poderá conquistar, ou queira conquistar... Tire sua mente daquilo que te faz mal, sei também que é difil, mas tente. Tente sair de casa, para mim é um martirio, ams tento, pois que dá o primeiro passo, da o segundo! beijok

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jújú, muito obrigada. Muito obrigada mesmo. beijos

      Excluir
  5. O jeito é esperar a psicologa, e tomar cuidado com a rotina, coloca no teu início de dia uma caminhada, isso é bm, bj

    ResponderExcluir
  6. Tenta descobrir alguma atividade da qual você goste para se dedicar à ela. Sei bem o que estás falando pois me sinto do mesmo jeito. Não quero sair de casa estou com minha autoestima baixa. Acho que a cirurgia vai nos ajudar pois voltamos a nos gostar, de nos cuidar. Quem me falou isto foi uma pessoa que operou. Ele falou que agora se ama. Isto vai passar. Procure a psicóloga de seu plano senão vais ficar mais angustiada ainda de ter que pagar tão caro pelas consultas. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Beth, acho que é isso mesmo que vou fazer! beijos!

      Excluir
  7. olha vou falar por mim, essas fases depres com a cirurgia e alguns quilos a menos melhorou bastante.....Me sentia triste e vazia mesmo tendo "tudo" e só Deus mesmo pra prencher....como desde q me entendo por gente fi gorda com periodos de magresa pelas dietas e remedios e nos periodos de gordura sofri muitas xacotas, apelidos, humilhaçoes, piadinhas de mal gostos....e isso tudo calsou muitas feridas em minha alma e ate hjainda nao estao saradas e a inferioridade, baixa estima me perseguem....nao consigo me achar bonita, atraente....sempre procuro ficar calada, no canto pra assim nao ser notada....as vezes a nossa alma é ferida as vezes ela sara, mas as cicatrizes sempre fikam ali como os cortizinhos da cirurgia sempre vao estar ali pra me lembrar da tal obesidade e suas maselas no meu corpo e no meu coração...de fato espero q o olhar pra essas cicatrizes me der forças pra nunca mais voltar a ser uma obesa...
    beijus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho, Cá!
      É sempre bom ouvir que podemos mudar e nos encorajar!
      Beijos

      Excluir
  8. Como vc deve saber eu sou bipolar e tenho crises fortissimas de depressão,mas posso te garantir que depois da cirurgia,melhoraram muitoooooooo,tanto que eu fiquei 10 meses sem medicação,voltei a tomar medicação a duas ou tres semanas (ser bipolar é bemmmm pior do que ter depressão),vc faz tratamento?toma medicação???será que não é hora de trocar de medicação,ou de profissional???eu pelo menos quando me sentia frustrada com o tratamento fazia isso e sempre dava certo...
    Se quiser conversar,moramos na mesma cidade,pode contar comigo....bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amore! Entendo o que é ser bipolar. Não á fácil não, e há muita descriminação, inclusive de profissionais que buscam tratamento contínuo para estabilizar as crises. Eu tive uma pessoa em minha vida que sofria bastante com isso, mas que se tratava mais com o psiquiatra para receber as medicações do que com o psicólogo para melhorar o lidar com seus sofrimentos. Na época eu sofria bastante por ver essa pessoa sofrer e me sentir de mãos atadas. Sei o quão não é fácil. - Eu sou hiperativa...nunca fiz tratamento.., e agora com a obesidade que tenho que ficar mais parada para não sentir dores acabo por ficar mais ansiosa que o normal. Já busquei tratamento com psiquiatra, e com ele abaixo de muitas medicações consegui emagrecer 40 kg...como mostro nos meus vídeos, mas eu fico hipertensa com o uso de medicamentos, e tive de parar foi quando recuperei o peso novamente. - Agora depois de muitos anos em tratamento para emagrecer e tentar lidar com esses sentimentos, eu busco a cirurgia porque não consigo mais me olhar no espelho. Tem sido difícil. Por isso que relatei aqui nesse post, o meu medo de que essa vontade de me isolar acabe me prejudicando na cirurgia.
      Obrigada pelo carinho,beijos te cuida e fica bem!

      Excluir
  9. Ju, amiga, todo mundo tem seus períodos de baixa. Tente seguir os conselhos do seu marido, pois ele te ama e quer seu bem. Procure introduzir no seu dia a dia coisas que te deêm prazer. Quanto a psicologa, procure uma do seu plano e comece já um tratamento. Pegue o laudo com a psicóloga do seu médico, mas mesmo assim já tente começar um tratamento com a psicóloga do seu plano que você se prepara melhor para a cirurgia. A minha psicóloga disse que precisamos estar bem conosco e com a nossa decisão, pois senão se fica mais propenso a depressão após a cirurgia. A cirurgia não é milagrosa e o pós operatório exige muito do nosso psicológico. Procure ficar bem e qualquer coisa estou aqui para conversar. beijinhossss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alê, oi minha amiga! Obrigada pela atenção. Acredito em fazer exatamente isso. Já para evitar problemas futuros. Muito obrigada pela sua presença aqui. É com muito carinho que agradeço.
      Vocês todas(os) tem sido muitos especiais em minha vida.

      Beijos.

      Excluir
  10. Ô Ju, acho que isso tem muita relação com a ansiedade pela ciru e tudo que a envolve. Cheguei a me sentir assim na fase dos exames, das reuniões do grupo. Não queria mais sair, nem ver mais ninguem, não queria ser vista. Tudo tá relacionado com a obesidade. Teu marido é um forte ponto de apoio e pelo jeito é compreensivo, assim como minha esposa foi comigo. Fica tranquila que tudo isso vai passar. Não deixa todo esse sentimento tomar conta pq isso pode atrapalhar teu pré!
    bjss e fica com deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Leca! Talvez tenha haver mesmo com a ciru, meu marido disse que não me via assim desde a época que eu me entupia de remédios pra emagrecer, mas agora não estou tomando nada só querendo me isolar mesmo. Obrigada pela atenção e carinho.
      Grande beijo!

      Excluir
  11. Juliana,
    Falei com vc a alguns dias pelo MSN, sobre o Dr. Renato. Já fiz a consulta com a nutricionista e com a psicóloga, Ana, da CITOM. Tudo o que vc disse e o que eu sinto tb., está coisa de se olhar no espelho e não se reconhecer mais, vontade de se isolar…. fugir de eventos sociais, para não te verem…
    Mas adianto que foi muito tranqüila a minha sessão com a Ana, ela e uma amor… querida… ela é terapeuta sistêmica, ou seja, acredita que existe um desencadeamento para o sintoma da obesidade…
    Sai de lá com os dois laudos, e na terça eu volto para o Dr. Alfeu e depois para o Dr. Roberto, vou na CITOM as 16:30, no mesmo dia da sua consulta… não sei que horário vais lá…
    Fica bem relaxada… tudo vai dar certo, infelizmente, ouvindo o que outros falam, nas comunidades, a nossa história de obesas, parece quase a mesma… só muda o endereço e outras coisinhas… a Dra. Ana, vai saber te ouvir com certeza… espero que dê tudo certo.
    Confie na decisão que tomaste e não arrede pé.

    Bjs e estou a disposição para o que precisares. (alinesdr@hotmail.com)

    ResponderExcluir
  12. Oi Ju, eu sofri de depressão minha vida "inteira" e só fui tratá-la em 2006 depois do meu divórcio. Eu estava em um processo de emagrecimento (VP) mas minha cabeça não estava legal. Depois tive uma crise mais séria e tive que tomar medicamentos. Na minha opinião vc deve procurar um psicologo sim. Mas não por conta da cirurgia. Vc tem que se cuidar, e isto inclui corpo e mente. Pense nisto.

    Bj

    ResponderExcluir
  13. Oi Ju
    Incrivel como eu me sinto como vc.
    Desde sempre eu me sinto assim.
    Mas com a operação tudo vai melhorar, pode ter certeza!
    Tenha fé em Deus, confia no senhor e segue em frente.
    Vale super a pena procurar um psicologo, não só por causa da operação mas por vc, por amor a vc! Quem ja é ansiosa ao estar nesse pré operatório, fica mto mais preocupada!
    Se vc precisar de alguem pra conversar, vem falar comigo!
    Fica com Deus, beijao!

    ResponderExcluir
  14. Oi Ju! Passei aqui umas duas vezes para comentar mas sem saber direito o que dizer. Bom, eu tive depressão, procurei ajuda algumas vezes, nenhuma duradoura. Meu quadro de depressão passou a mudar num retiro que fiz, e, acredite ou não, meio repentinamente. Mas uma coisa veio antes dessa mudança: eu só quiz ir ao retiro or que estava cansada demais de sofrer. Minha mente já vinha pedindo um basta. Se revolte contra essa condição de vida. Eu sei que a palavra a se uzar não é bem o querer, por que todo mundo diz que basta querer e não é bem assim, mas queira se libertar disso. Talvez demore para chegar no momento do "Chega!" mas busque ele sempre! Querida, espero enormemente que isso logo comece a ser mudado e que Deus te abençoe muito e te conforte. Só quem já passou por ela sabe o quanto é ruim e sofrido. Te desejo todas as melhores coisas do mundo!!! Bjosssssss....

    ResponderExcluir
  15. Oi Ju, incrível como sua história é igualzinha a minha, tenho depressão tbm a um bom tempo, tomo medicação e tenho o mesmo medo que o seu, e os mesmos sintomas e vontades(ou falta delas) mas o que me deixa feliz é ver como está bem hj, parabéns garota, está ótima, e tenho certeza que após a minha cirurgia ficarei bem também, um grande abraço!

    ResponderExcluir
  16. DEUS É O MELHOR AMIGO.
    QUE TODOS POSSAM ENCONTRAR A VERDADEIRA PAZ, AMOR,QUE VEM DE DEUS.
    BEIJÃO!!!

    ResponderExcluir

❀ ♪♩ ✿ COMENTA AÍÍÍ VAI! ✿ ♩ ♪❀
Deixe sugestões para os próximos post's!
Seja sempre bem vindo(a)!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AGORA - CIRURGIA POR VIDEOLAPAROSCOPIA!

Um Direito Seu!!!